AS TECNOLOGIAS NAS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS INCLUSIVAS

Ainda não conhece as tecnologias tangíveis e vestíveis como recurso para ambiente inclusivo? Leia esse POST que preparamos para você!


O que a tecnologia nos traz hoje é integração de todos os espaços e tempos. O ensinar e o aprender acontecem em uma interligação simbiótica, profunda e constante entre os chamados mundo físico e digital.

Veja a seguir alguns pontos relevantes desse assunto:


USO DAS TECNOLOGIAS NA EDUCAÇÃO


A inovação tecnológica está presente no cotidiano de alunos e professores, proporcionando o uso de modernos recursos didáticos na escola, e com isso promovendo melhorias no processo de ensino e aprendizagem.

O avanço das tecnologias de informação possibilitou a criação de ferramentas que podem ser utilizadas pelos professores em sala de aula, o que permite maior disponibilidade de informação e recursos para o educando, tornando o processo educativo mais dinâmico, eficiente e inovador.

O uso de recursos digitais nas escolas se tornou parte da realidade educacional. Com a adoção do ensino remoto ou híbrido, a oferta dessas tecnologias se intensificou. Atualmente, elas estão cada vez mais presentes no dia a dia das salas de aula e no currículo escolar.

As Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) apresentam-se como promissoras para a implementação e consolidação de um sistema educacional inclusivo, pelas suas possibilidades inesgotáveis de construção de recursos que facilitam o acesso às informações, conteúdos curriculares e conhecimentos em geral.


O QUE SERIA A EDUCAÇÃO INCLUSIVA?


A educação inclusiva é uma tendência que visa respeitar as diversidades existentes em nossa sociedade e promover, enfim, um ensino igualitário, acessível que atenda às demandas de todos os estudantes, notadamente as pessoas com variados tipos de deficiências (auditiva, visual, intelectual, entre muitas outras), transtorno do espectro do autismo, altas habilidades ou superdotação, ou outros com necessidades educacionais especiais, como regulamenta a Lei Brasileira de Inclusão (Lei 13.146/15).


EDUCAÇÃO INCLUSIVA: COMO A TECNOLOGIA AJUDA NESSE PROCESSO


Os recursos digitais podem contribuir para a construção de ambientes escolares inclusivos. Tecnologias e materiais educacionais acessíveis impulsionam a independência, a participação e o progresso de estudantes por meio de formas de aprendizagem variadas.

Outra vantagem do uso da tecnologia na educação inclusiva é a possibilidade única de trabalharmos várias capacidades em um mesmo instante. Isso é algo muito interessante para garantir que todos os estudantes tenham oportunidades iguais na sala de aula sem que nenhum deles seja prejudicado, garantindo a equidade que têm direito.

Do ponto de vista pedagógico, as tecnologias podem apoiar a construção de metodologias que singularizem a aprendizagem e contemplem todas as alunas e alunos. Para isso, devem atender as necessidades individuais em um ensino que é comum, sem deixar ninguém para trás.


MAIS DICAS

Gostou dessa dica da Equipe EFEITO? Clique aqui para seguir nossas novidades e dicas no Instagram e, se desejar, entre em contato conosco para levar a nossa consultoria para a sua instituição de ensino ou agendar uma formação com a sua equipe. Para isso, basta clicar aqui.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo