• Equipe Efeito

A IMPORTÂNCIA DA MEDIAÇÃO NA INCLUSÃO ESCOLAR

Você sabe o que é a mediação escolar? Se você atua na área da educação, você PRECISA saber sobre esse assunto e os impactos da mediação na inclusão escolar. Por isso, elencamos para você os principais pontos sobre o tema, veja:


O QUE É A MEDIAÇÃO ESCOLAR?

A Mediação Escolar é um conjunto de métodos, técnicas e recursos que dão ênfase às interações sociais no desenvolvimento do estudante, favorecendo a integração entre o professor e o aprendiz. O objetivo da mediação é potencializar as habilidades dos estudantes, principalmente daqueles que demandam um método de aprendizagem que atendam suas especificidades.

QUEM É UM MEDIADOR ESCOLAR?

No contexto da educação inclusiva, o mediador escolar é aquele profissional que acompanha o estudante durante o dia letivo, observando a relação deste com os professores, colegas de sala, profissionais da educação e atividades de aprendizado a serem realizadas no dia a dia.

QUAL O PAPEL DO MEDIADOR ESCOLAR?

O mediador escolar tem inúmeras funções, veja as principais:

- Manter sempre a atenção da criança voltada para as orientações e informações dadas pelo professor;

- Atuar junto ao estudante no ambiente escolar, dentro da sala e demais espaços de aprendizagem da escola e nos passeios extras (fora da escola);

- Entregar os registros semanais e mensais, participando das supervisões, grupos de estudo e treinamentos com as terapeutas responsáveis;

- Atuar no momento da entrada, intervalo ou saída escolar, direcionando o estudante ao grupo e ensinando-o como se comportar em cada momento, estimulando o cumprimento da rotina e das orientações dadas pela professora;

- Desenvolver no estudante sua maior independência e autonomia nas atividades de alimentação, higiene, locomoção e nas atividades pedagógicas;

- Manter-se sempre junto ao grupo e ao professor de sala, cumprindo, dentro do possível, toda a rotina e as atividades pedagógica orientadas pelo professor;

- Atuar em parceria com o professor dentro de sala de aula;

- Em síntese, ser ponte para o aprendizado do estudante..

QUALQUER PROFISSIONAL DA EDUCAÇÃO PODE SER UM MEDIADOR ESCOLAR?

Professores, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, psicólogos, pedagogos, psicopedagogos e fisioterapeutas podem ser mediadores escolares, desde que sejam acompanhados pelas equipes de apoio a inclusão e escolar do estudante.

TODA INSTITUIÇÃO DE ENSINO É OBRIGADA A CONTRATAR ESSES PROFISSIONAIS?

De acordo com a Lei Brasileira de Inclusão (LBI, n. 13.146/15), em vigor desde 2016, é obrigatório que a instituição de ensino ofereça a presença de um profissional de apoio escolar, quando necessário, a depender da avaliação das equipes de apoio a inclusão e pedagógica da escola.

A LBI também estabelece que este custo não pode ser repassado para os pais do estudante.

APROFUNDE-SE NESTE TEMA!


Este é um assunto IMPORTANTÍSSIMO e se você é profissional da área da educação e deseja se capacitar em mediação, você precisa se aprofundar nessa temática.


Nesse sentido, a EFEITO está realizando o Curso "Mediação na Inclusão Escolar - Teoria e Prática", que será ministrado pelas terapeutas ocupacionais da EFEITO, Carina Bigonha Ruggio e Marcela Faria.


O curso acontecerá no dia 22/08, via aulas ao vivo por meio de plataforma virtual, com envio de material de apoio em PDF e Grupo no Telegram, para tirar dúvidas e enviar artigos para leitura e consulta.


Vamos apresentar as definições de mediação e aprofundar no tema, passando pelas ações e atribuições do mediador conforme a Lei Brasileira de Inclusão.


Para saber mais sobre o curso garantir a sua vaga clique AQUI. Nos vemos lá!

100 visualizações

Copyright © 2018 | Efeito Consultoria